Comercial (11) 2577-7899

As tecnologias da informação e da comunicação estão provocando uma verdadeira revolução no modo como as empresas vêem seus negócios e se relacionam com os seus públicos. Por isso, estar atento às inovações que estão por vir é crucial para se destacar da concorrência. Para te ajudar nessa revolução, destacamos algumas tendências de TI que você precisa acompanhar.

Virtualização das empresas

O cloud computing está aí, mas nem todo mundo o percebeu. Transportar toda a operação das empresas para a nuvem é uma das grandes tendências para os próximos anos, tendo-se em vista que a globalização está cada vez mais influenciando a vida das pessoas e das organizações.

Com a empresa virtualizada, não será mais necessário ter uma estrutura física, com fachada, endereço certo e conta de aluguel para pagar. Os profissionais estarão trabalhando em suas casas e terão maior flexibilidade no trabalho, enquanto muitas empresas ganharão dinheiro com a otimização de recursos e menores gastos. A principal barreira para a adoção mais massiva da nuvem ainda é a preocupação com a segurança de informação. Diversos modelos diferentes estão sendo testados para acabar com este entrave.

 

Aprofundamento do Big Data

Toda empresa gera uma quantidade gigantesca de informação, mas saber tratar essa informação e utilizá-la como matéria prima para a tomada de decisão são outros quinhentos. O Big Data já está aí, mas a tendência é que nos próximos anos as empresas passem a se estruturar com base na inteligência de dados – na nuvem – para que a integração do negócio ocorra instantaneamente, dispensando reuniões, relatórios e equipes inchadas para lidar com o conhecimento corporativo.

 

Cloud Collaboration

Já dissemos que logo as empresas serão virtualizadas, trabalhando diretamente na nuvem para otimizar recursos e cobrir o maior market share possível. Nesta mesma linha, será possível compartilhar o conhecimento com a sua cadeia de suprimentos, ou seja, toda a sua inteligência e vantagem competitiva estará hospedada na nuvem, podendo ser compartilhada com as empresas e pessoas que contribuem com o seu negócio, formando uma verdadeira cadeia de valor agregado. Afinal, por que não auxiliar seus clientes e fornecedores a serem mais competitivos? Você só tem a ganhar com isso.

 

Compartilhar está publicação