Comercial (11) 2577-7899

digital enterprise

A Quarta Revolução Industrial, embora possa não parecer, está acontecendo neste exato momento. A transformação dos sistemas ciberfísicos está cada vez mais próxima. Sabemos que as revoluções industriais transformaram radicalmente os negócios e a tecnologia nos últimos três séculos, mas a pergunta agora é a seguinte: como a Quarta Revolução Industrial vai afetar os negócios de hoje? Como as empresas se adaptarão à constante evolução tecnológica e à rápida inovação industrial?

Pensemos por um minuto sobre as tendências que continuam moldando nossos negócios: realidade virtual e aumentada, Big Data & Analytics, terabytes e zetabytes, serviços em nuvem, trabalho remoto e mobilidade, acessibilidade e visibilidade… estas são apenas uma pequena parte do que vem por aí.

O ritmo extraordinário dos atuais avanços é inédito. De acordo com o Fórum Econômico Mundial, as possibilidades são infinitas para bilhões de pessoas conectadas por meio de dispositivos móveis com poder de processamento ilimitado, capacidade de armazenamento e acesso às informações.

As novas tendências em áreas como inteligência artificial, robótica, Internet das Coisas (IoT) e veículos autônomos aumentam ainda mais essas infinitas possibilidades. E sua empresa está preparada para acompanhar essas tendências?

Tanto a questão da atividade remota quanto a da mobilidade são intrínsecas à Quarta Revolução Industrial. Os dispositivos móveis têm o poder de trazer o mundo para nossas mãos, e hoje quase 60% da população mundial têm acesso a algum tipo de equipamento portátil.

O Fórum Econômico Mundial também prevê que, nesta nova revolução industrial, a inovação tecnológica poderá levar a um ‘milagre da oferta’, com uma melhora substancial de longo prazo na eficiência e na produtividade. Custos de transporte e de comunicação cairão; a logística e as cadeias de suprimento globais serão mais eficazes; e as despesas do comércio ficarão menores.Tudo isso abrirá novos mercados e impulsionar o crescimento econômico.

CEOs globais e regionais devem se manter na vanguarda das tendências e tirar proveito das oportunidades para desenvolver plataformas tecnológicas mais sólidas e mais eficazes que estimulem um grande impacto nos negócios.

Superando os desafios

As empresas têm uma oportunidade rara para avaliar suas necessidades de mobilidade e redefinir suas estratégias para aumentar a produtividade, a eficiência e a precisão de suas operações. O cenário competitivo requer uma análise tática e inteligente para desenvolver uma estratégia mais inovadora com o objetivo de continuar sendo produtivo.

Explorar essa revolução da mobilidade entre a força de trabalho exige que as empresas determinem seu sistema operacional móvel, estratégias de migração de aplicações e de dispositivos portáteis. Depois da adoção massiva de computadores portáteis e dispositivos vestíveis no ambiente de trabalho, agora se aproxima um prazo crítico – o tempo de vida de alguns sistemas operacionais de alguns equipamentos.

Plataformas baseadas no sistema Android dão respostas a esses atuais desafios dentro da Quarta Revolução Industrial com uma combinação de velocidade, eficiência e flexibilidade. Novas tecnologias tornam os ativos mais duráveis e resistentes, enquanto dados e ferramentas de análise estão transformando a forma como são mantidos.

Por outro lado, um universo de experiências dos clientes, serviços baseados em dados e excelentes resultados obtidos a partir de análises exigem novas formas de colaboração, em função da velocidade com que a inovação e a evolução tecnológica acontecem. Com aplicações a la carte que ajudam a transformar os processos atuais e dar visibilidade às atividades empresariais, o Android está contribuindo para que empresas e usuários possam superar esses novos desafios.

Quando o velho, mas ainda onipresente Windows CE/Mobile, perder em breve o apoio da Microsoft, as empresas terão de escolher um novo sistema operacional que seja flexível, adaptável e intuitivo. Muitos clientes postergaram essa transição por causa da incerteza em torno do Windows 10, da aparente complexidade da migração das aplicações e da falta geral de entendimento que rodeia os custos de manutenção dos dispositivos mais antigos. No entanto, tudo indica que o abandono do Windows será inevitável e que a indústria está começando a se preparar para esse momento.

A nova transição da digitalização para a integração – que chamamos de Quarta Revolução Industrial – obriga as empresas a reconsiderar sua abordagem estratégica em relação às tecnologias transformadoras e à inovação. CEOs e líderes de negócios devem começar a entender as mudanças do ambiente e do mercado, a desafiar as suposições de suas equipes operacionais e a inovar continuamente.

Por sorte, esses líderes não estão sozinhos. Vários fornecedores de soluções e de TI ganharam vasta experiência na adaptação, na adoção e na transformação de plataformas e processos de negócios para serem consistentes com as tecnologias atuais.

*Alex Castaneda é vice-presidente e gerente geral de vendas da Zebra Technologies para a América Latina.

Fonte: http://computerworld.com.br/sua-empresa-esta-pronta-para-quarta-revolucao-industrial-o-que-fazer

Compartilhar está publicação