Comercial (11) 2577-7899

inovacao-mercado-tecnologia-lider-ti

A CIO publicou recentemente uma pesquisa com mais de 680 líderes de TI de grandes empresas com o objetivo de entender o novo papel destes líderes e suas respectivas agendas para 2019.

Meu foco neste artigo será exclusivamente para o slide abaixo, particularmente no item que fala que 80% dos líderes de TI informaram que consideram desafiador o balanceamento adequado entre inovação e manutenção da operação de TI (infraestrutura e sistemas).

Bom, não irei contestar aqui a importância de transformar o Departamento de TI em um centro de inovação digital, trabalhando em conjunto com as outras áreas de negócio não apenas com a função de suporte, mas também com a função de identificar novas tecnologias e processos que ajudem a empresa a atingir seus objetivos financeiros e de crescimento.

Minha preocupação é que os líderes de TI comecem a focar demais em inovação e, consequentemente, comecem a marginalizar a manutenção da operação de TI.

O importante a lembrar aqui é que os altos executivos, seus pares e a comunidade de usuários deseja apenas uma coisa: zero problemas com a infraestrutura de TI.

Eu sei o que você está pensando. É realmente uma expectativa irreal, mas esta é a mais profunda verdade a respeito da manutenção da infraestrutura provida pelo Departamento de TI. Falhas neste quesito afetarão sua credibilidade como líder de TI.

Outro ponto importante é o investimento que já foi feito em infraestrutura. Me lembro de ter lido em uma revista especializada que aproximadamente 80% do budget de TI é alocado para manutenção da infraestrutura e isto corresponde à minha experiência pessoal. É um valor muito significativo e deve ser gerenciado apropriadamente e, portanto, não deve ser marginalizado. Falhas neste quesito também afetarão sua credibilidade como líder.

Mas, e o balanceamento?

Eu sei que o budget de TI é limitado e, consequentemente, você deve pensar bem onde deve investir de forma mais substancial seu precioso tempo e seus escassos recursos financeiros (inovação x manutenção da operação). Faça um estudo sobre o ROI em cada área onde seu budget pode ser investido. O único problema aqui é que o ROI não pode ser calculado para uma boa parte dos gastos com a operação de TI já que seus benefícios são intangíveis. Neste momento, você deve exercer seu bom senso e visão de longo prazo.

Um último conselho: não aceite a afirmação de que a infraestrutura de TI é considerada como não-estratégica. Acho até que poderia ser considerada desta forma caso a mesma esteja operando sem falhas. Se este não é o caso, então subitamente ela se torna um item estratégico crítico.

Fonte: https://www.profissionaisti.com.br/2019/04/o-desafio-dos-lideres-de-ti-inovar-ou-manter-a-operacao/

Compartilhar está publicação