Comercial (11) 2577-7899

banco de dados

Exadata X8M tem memória persistente integrada e RoCE

A Oracle lançou o que diz ser a máquina de banco de dados mais rápida do mundo. Segundo a empresa, o Oracle Exadata Database Machine X8M “define um novo padrão e altera a dinâmica do mercado de infraestrutura de banco de dados”.

A empresa informa que o Exadata X8M combina memória persistente Intel® Optane DC e acesso remoto à memória (RDMA) de 100 gigabit por Ethernet convergida (RoCE) para remover gargalos de armazenamento e aumentar o desempenho das cargas de trabalho mais exigentes, como Online Transaction Processing (OLTP), analítica, IoT, detecção de fraude e negociação de alta frequência.

Ainda de acordo com a empresa, o Exadata X8M ajuda os clientes a executar tarefas mais rapidamente e acelera o tempo de percepção, além de permitir análises mais profundas e frequentes.

“O Oracle Exadata X8M eleva o nível dos aplicativos OLTP e simplifica a consolidação do banco de dados em ambientes locais e na nuvem exigentes”, disse Carl Olofson, vice-presidente de pesquisa, Data Management Software, IDC.

Entendendo o que é memória persistente

As implementações típicas da memória persistente se concentram em usá-la como uma alternativa mais rápida ao flash. A memória persistente é acessada usando protocolos de E / S convencionais que requerem chamadas do SO, mensagens de rede de armazenamento, comutadores de contexto e interrupções. Esses métodos eram aceitáveis ​​para dispositivos de armazenamento existentes, como discos e flash, mas são muito lentos na nova era da memória persistente.

O Oracle Exadata X8M, segundo a Oracle, usa RDMA diretamente do banco de dados para acessar a memória persistente em servidores de armazenamento inteligentes, ignorando todas as pilhas de SO, E / S e software de rede. Isso permite uma latência significativamente mais baixa e maior rendimento. O uso do RDMA para ignorar as pilhas de software também libera recursos da CPU nos servidores de armazenamento para executar mais consultas do Smart Scan no suporte a cargas de trabalho de análise.

Como a memória persistente está localizada no armazenamento compartilhado, todos os bancos de dados consolidados em uma plataforma Exadata obtêm os benefícios de desempenho. O Exadata Smart System Software migra automaticamente os dados mais quentes do banco de dados para a memória persistente, mantendo os dados mais frios no flash e no disco.

Fonte: https://www.itforum365.com.br/oracle-lanca-o-que-diz-ser-o-banco-de-dados-mais-rapido-do-mundo/

Compartilhar está publicação