Comercial (11) 2577-7899

Subir os degraus do mundo profissional não é uma tarefa fácil, e isso pode parecer especialmente assustador quando você é um recém-chegado e está atuando em uma posição que pode ser considerada de entrada. Mas calma, NÃO ENTRE EM PÂNICO!

A verdade é que no mercado de trabalho globalizado em que vivemos existem muitas opções de carreira e com a preparação adequada, planejamento e vontade de vencer, é mais do que certo que qualquer profissional pode evoluir, encontrando oportunidades de crescimento até chegar aquela tão sonhada vaga que vai te oferecer satisfação muito além do salário.

Um erro bastante comum é deixar para planejar sua carreira quando você já possui alguma experiencia e já subiu alguns degraus no mundo corporativo. Essa abordagem pode fazer com que você perca muitas oportunidades interessantes, então para evitar esse problema, hoje vamos começar da base e apresentar algumas dicas para ir além da posição do Helpdesk ou Suporte Técnico, algo que vivenciei na prática, perto de duas décadas atrás.

1. Entendendo o papel do Helpdesk

suporte-atendimento-cliente-tecnologia

Apesar de, na maioria das vezes, o papel do helpdesk dentro da organização ser uma posição de entrada ou júnior, sua importância para o negócio não pode ser ignorada. Dentro do ciclo de vida da ITIL, o papel do Helpdesk se encontra na Operação de Serviços, ou seja, você efetivamente estará atuando para garantir que os serviços de TI operem conforme esperado pela empresa, muitas vezes atuando na linha de frente dos processos de negócio e até mesmo identificando incidentes severos, incluindo aqueles relacionados a cibersegurança.

Se você já atua no Helpdesk, entenda que aqui é o momento de criar uma base sólida para sua carreira, afinal você terá contato com boa parte dos sistemas da empresa, interações com usuários nos mais diversos setores e a oportunidade de começar a criar uma rede de relacionamentos. Lembre-se que pessoas são tão importantes para sua carreira quanto conhecimentos técnicos e experiencia prática. O Helpdesk te permite fortalecer esses três pontos simultaneamente.

2. Desenvolva seus conhecimentos técnicos

0-habilidades-essenciais-destaque

Esse ponto é bem simples: dificilmente você vai avançar em qualquer tipo de carreira sem ter bons conhecimentos técnicos, então se você quer ir além do Helpdesk, essa é a hora de escolher quais conhecimentos você vai querer desenvolver.

A área de segurança da informação é um dos campos onde existem mais oportunidades de trabalho e, incrivelmente, faltam profissionais qualificados. Essa é uma oportunidade fantástica e existe muito que você pode aprender e colocar em prática durante seu trabalho no helpdesk. Por exemplo, com o amadurecimento de regulamentações como a LGPD, em 2019 existe uma grande procura por profissionais que entendam de Proteção e Privacidade de Dados. Similarmente, IA (Inteligência artificial) está se tornando cada vez mais relevante para cibersegurança, especialmente em casos onde pode ser aplicada para detectar e responder automaticamente a ameaças. Pode parecer algo paradoxal, uma vez que muitas pessoas ainda imaginam que a IA vai ser utilizada para substituir trabalhadores humanos, mas na verdade ela cria um campo novo de trabalho e, novamente, existem muito mais vagas do que pessoas qualificadas.

Outras áreas de conhecimento técnico que ganharão muito destaque dentro da segurança da informação incluem (finja surpresa!) computação na nuvem e blockchain. No caso da nuvem é bastante simples: Se empresas estão fazendo uma jornada para a troposfera digital, é natural que controles de segurança devam acompanhar, então é profissionais que conseguem garantir a proteção de dados na nuvem estão em alta demanda! Sobre o blockchain, não podemos esquecer que esse é um tema comumente associado a criptomoedas, mas a tecnologia em si deve se tornar parte integral de muitos sistemas de segurança que ainda estão sendo desenvolvidos.

Obviamente, outras áreas tradicionais da segurança da informação também seguem ofertando muitas vagas, profissionais com conhecimentos em forense digital, auditorias de segurança, análise de riscos, análise de vulnerabilidades e testes de intrusão seguirão em alta demanda.

Com esse enorme leque de opções, tudo é uma questão de descobrir uma área com que você tenha mais afinidade, focar e desenvolver conhecimentos técnicos. Os resultados chegam em bem menos tempo do que você imagina!

3. Não deixe de lado as habilidades interpessoais

2-habilidades-essenciais

Normalmente profissionais que ainda atuam no nível do helpdesk tem um foco muito mais técnico, e deixam de lado habilidades interpessoais, as softskills. Esse é um grande erro que você deve corrigir o antes possível.

Em uma pesquisa realizada pelo LinkedIn, gestores seniores apontaram as habilidades não-técnicas que estão em alta demanda ainda em 2019, e nem preciso dizer que investir nesses pontos é um enorme atalho para ir além do helpdesk.

Por exemplo, acabamos de falar que a Inteligência Artificial está em alta, afinal robôs são uma grande ferramenta para otimizar velhas ideias, mas na verdade organizações dependem de pessoas para criar soluções realmente inovadoras, assim criatividade é uma habilidade fundamental em muitas posições de trabalho.

Persuasão é outra habilidade fundamental. Entenda que possuir um ótimo produto, plataforma ou ideia é apenas a metade da jornada, é necessário convencer pessoas a comprar o seu produto ou abraçar sua ideia. Essa habilidade também é essencial para profissionais que querem se tornar líderes ou gerenciar grandes equipes.

Outro ponto muito importante é saber trabalhar de forma colaborativa, muitas vezes esse é um dos aspectos mais importantes em um projeto complexo, e certamente é algo que faz um profissional se destacar no mercado. De maneira similar, a adaptabilidade gestão de tempo são habilidades essenciais que mesmo alguns profissionais experientes acabam deixando de lado. Por último, saber se comunicar com clareza, especialmente quando é necessário tratar com um público não-técnico, é uma softskill extremamente relevante, que pode te ajudar a alcançar até mesmo cargos no topo!

Desenvolver softskills muitas vezes é um grande desafio para profissionais em uma área nitidamente técnica, mas lembre-se que esse é um passo mais do que necessário, que existem várias opções de aprendizado (e.g. cursos, livros e atividades práticas), e também do fato que esse pode ser o grande diferencial para te colocar a frente da concorrência.

4. Considere obter algumas certificações enquanto você obtém experiencia prática

aluno-estudando-computador

É evidente que certificações profissionais vão ajudar bastante na sua carreira, especialmente quando você ainda não tem tanto tempo de experiência e precisa demonstrar conhecimentos. A chave do sucesso é focar em certificações de órgãos reconhecidos e que já possuem um grande apelo no mercado.

Por exemplo, uma excelente opção de primeira certificação para quem quer ingressar na área de segurança da informação é o EXIN FS (Fundamentos de Segurança da Informação com base na ISO 27001). Outra boa opção é o CompTIA Security+, um exame focado em habilidades práticas, usadas diariamente por profissionais de segurança e não possui pré-requisitos. É claro, existem diversas certificações consideradas de entrada, mas que são igualmente interessantes, como o (ISC)² SSCP – Systems Security Certified Practitioner, GIAC Security Essentials (GSEC) e o EC-Council Certified Security Specialist (ECSS).

Em muitos casos você pode estar ansioso para chegar diretamente ao topo, então é natural que certificações como o (ISC)² CISSP ou ISACA CISM pareçam uma opção melhor. Bem, se você já possui os conhecimentos e atende aos pré-requisitos de experiência, eu diria que pode ser uma opção interessante, mas se esse não é o seu caso, buscar diretamente uma certificação mais complexa pode não dar o melhor dos resultados. Uma boa ideia é usar certificações mais simples como um trampolim para se preparar para desafios mais complexos, essa sim é uma ótima estratégia!

5. Desenvolva sua rede de contatos

3-habilidades-essenciais

Essa é uma dica realmente interessante para quem está trabalhando no helpdesk. Sua principal atividade normalmente vai ser ajudar pessoas, seja tirando dúvidas ou resolvendo problemas. Bem, o fato de esse ser o seu trabalho, não significa que as pessoas não possam ser agradecidas a você.

Fazer networking e criar uma boa rede de contatos pode começar desde o seu primeiro dia de trabalho e – conforme mencionei acima – a posição de helpdesk te permite contato com as mais diversas pessoas em essencialmente todos os níveis hierárquicos da empresa.

Novamente, habilidades interpessoais vão te ajudar bastante, mas alguns pontos básicos como ser educado, cortês, prestativo e manter uma atitude positiva perante as dificuldades vão te ajudar bastante.

É claro que sua rede de contatos não precisa se limitar aos seus colegas de trabalho. Hoje existem inúmeras redes sociais, grupos e forums que você pode participar para trocar experiencias, obter dicas ou mesmo descobrir uma oportunidade de trabalho que ainda não foi sequer divulgada.

Para concluir

Construir uma carreira é um desafio que todo profissional de sucesso precisou enfrentar, e isso não aconteceu do dia para noite. Um grande segredo é se atentar para o óbvio, é necessário aprender a andar antes de pensar em correr, então se você está ansioso para atingir novos horizontes, tenha calma, planeje cada passo e procure saber aonde você quer chegar, sem se amarrar demais a um cargo ou área de trabalho específica para não perder boas oportunidades.

Lembre-se que até mesmo a maior jornada começa com um simples passo, e procure se divertir ao longo do caminho, afinal não é o destino e sim a própria jornada que será sua maior recompensa.

Fonte: https://www.profissionaisti.com.br/2019/12/5-dicas-de-carreira-para-ir-alem-do-helpdesk-e-quem-sabe-entrar-na-area-de-seguranca-da-informacao/

Compartilhar está publicação