Comercial (11) 2577-7899

Companhia deseja que empresa apresente sua proposta, em conjunto com a da Stone Pagamentos, na reunião com acionistas

Totvs divulgou na última quinta-feira (8) um documento de 90 páginas informando que, após reunião com o Conselho de Administração da empresa, decidiu-se por prorrogar até 17 de novembro a proposta de combinação de negócios com a Linx, informação que está aberta a possibilidade “de majoração da proposta [aumento do preço oferecido], se e quando julgar adequada”.

Em outo trecho do comunicado, a empresa também critica a suposta postura da Linx de privilegiar a oferta da Stone Pagamentos em detrimento da combinação proposta pela Totvs.

“A ausência  de transparência e esse modus operandi de suprimir a possibilidade de escolha pelo acionista  de Linx tem sido prática reiterada pela administração da Linx, como ocorridoem 10 de agosto, quando membros do conselho  de  administração,  também  fundadores  da  Linx, omitiram  dos  seus  pares,  os  conselheiros independentes, a existência de discussões e tratativas mantidas há algum tempo com a TOTVS, visando à combinação de negócios entre as companhias.  Como  se  vê,  a cada  passo,  procurou-se  criar  dificuldades  para impedir que  a  proposta  da  TOTVS  fosse apreciada pelos acionistas da Linx”,

Na manhã de sexta, a Linx informou por meio de fato relevante que “analisará a nova proposta apresentada pela Totvs por meio de fato relevante de ontem, emitindo sua avaliação oportunamente, sempre em vista do melhor interesse da Linx e de seus acionistas”.

Em conjunto com o documento publicado na quinta, a Totvs também compartilhou uma apresentação na qual estimas em aproximadamente R$ 3,2 bilhões de reais os ganhos obtidos por ambas as empresas, caso a fusão de negócios fosse aprovada.

Em 12 de agosto, a Linx informou ao mercado ter aceitado a oferta de R$ 6 bilhões oferecidos pela Stone Pagamentos. No dia 14, a Totvs comunicou que também estava em negociações com a Linx,  questionando a aprovação do acordo com a processadora de pagamentos sem que o seu tenha sido submetido à análise dos acionistas.

Desde então, todas as negociações foram paradas e o caso entrou em um limbo, do qual deve sair no dia de 17 de novembro, quando a proposta de compra da Stone for avaliada e votada pelos acionistas da empresa

Fonte: https://computerworld.com.br/negocios/totvs-prolonga-data-de-validade-da-proposta-feita-para-compra-da-linx/

Compartilhar está publicação