Comercial (11) 2577-7899

Novidades incluem ferramentas e serviços para facilitar o desenvolvimento de aplicativos low-code por qualquer pessoa

low code

A Salesforce apresentou nesta quarta-feira (23) novas ferramentas para ajudar os usuários a desenvolver aplicativos low-code. O conjunto de ferramentas de desenvolvimento low-code capacitam todos em uma organização, independentemente da habilidade técnica ou função, para criar e enviar aplicativos em uma única plataforma. As novidades pegam carona com a demanda de transformação digital e a necessidade das empresas de acelerar o desenvolvimento de aplicativos sem gastar muito mais em TI.

A Salesforce diz que as novas ferramentas ajudam os usuários a criar aplicativos, adicionar elementos críticos como identidade, rastrear e gerenciar alterações com mais facilidade e automatizar a conformidade de dados, entre outras coisas.

Entre as novidades, a empresa está atualizando o App Builder, que usa low-code para construir aplicativos com componentes da web que se comunicam, trocam dados e reagem às ações do usuário. Com as interações dinâmicas, os componentes podem ser adicionados repetidamente a qualquer aplicativo no-code, em vez de construídos do zero a cada vez, disse a empresa. As interações dinâmicas devem estar disponíveis no inverno norte-americano de 2022.

Conforme as organizações aumentam o número de pontos de contato digitais, como aplicativos móveis e portais da web, os clientes são forçados a criar novos logins para cada um, tornando difícil para as organizações obterem uma visão única de 360 ​​graus do cliente.

Para atender a essa demanda, o Customer Identity Plus, também anunciado pela empresa, permite que os desenvolvedores integrem recursos de identidade de nível de consumidor para organizações com um grande número de usuários ativos mensais, para consolidar e gerenciar as identidades dos clientes.

A ferramenta deve estar disponível ainda este ano.

Outra ferramenta anunciada nesta quarta-feira é a CLI Unification, que oferece aos criadores uma interface de linha de comando (CLI) para construir qualquer coisa no Salesforce. Com o recurso, que deve estar disponível no inverno norte-americano de 2022, os criadores podem usar comandos entre nuvens para gerenciar não apenas os recursos da plataforma, mas também Heroku, Mulesoft, Tableau e outros.

Além disso, a CLI Unification oferece a capacidade de se conectar a integração contínua e pipelines de entrega para automatizar o teste e a implantação de qualquer projeto do Salesforce, disse a empresa.

Para ajudar as equipes a lançar aplicativos e experiências mais rapidamente, a Salesforce anunciou o DevOps Center, um local centralizado para rastrear e gerenciar mudanças dentro do Salesforce, permitindo que as equipes colaborem enquanto usam DevOps e melhores práticas de governança.

O DevOps Center, ainda em fase piloto, também reduz a barreira de entrada para as organizações adotarem o desenvolvimento moderno e orientado à origem, bem como integração e entrega contínuas, fornecendo uma UI declarativa no topo desses processos. O recurso deve estar disponível no inverno norte-americano de 2022.

Para cumprir as leis de privacidade de dados, a Salesforce também anunciou o novo Einstein Data Detect. A solução usa inteligência artificial e machine learning para descobrir e proteger dados confidenciais do usuário, como números de previdência social ou de cartão de crédito. Prevê-se que esteja disponível ainda este ano.

Fonte: https://computerworld.com.br/negocios/salesforce-anuncia-novas-ferramentas-para-desenvolvimento-low-code/

Compartilhar está publicação