Comercial (11) 2577-7899

Os ambientes com várias Nuvens estão em alta. Muito desse interesse foi impulsionado, principalmente pela necessidade de adaptação às restrições do Covid-19. Independente das circunstâncias, o ambiente de múltiplas Nuvens veio para ficar

Automação da Nuvem avança para a adoção de várias Nuvens

Os ambientes com várias Nuvens estão em alta. Muito desse interesse foi impulsionado, principalmente pela necessidade de adaptação às restrições do Covid-19. Independente das circunstâncias, o ambiente de múltiplas Nuvens veio para ficar.

E há muitos bons motivos para isso.

A maioria das empresas hoje dependem de provedores de Nuvem pública para garantir suas operações de negócio, mas muitas delas ainda exigem Nuvens privadas para atender requisitos de flexibilidade ou conformidade.

Além disso, diferentes equipes ou departamentos de uma mesma organização podem apresentar demandas diferentes de infraestrutura de TI, levando à adoção de múltiplos fornecedores de Nuvem.

Na prática, adotar uma abordagem de Nuvem múltipla ajuda as organizações a evitar o aprisionamento do fornecedor, abrindo as melhores opções de SaaS, enquanto reduz o risco de um apagão da nuvem caso um provedor sofra uma interrupção.

No entanto, por mais onipresente que a Nuvem múltipla possa ser, ainda há desafios crescentes à medida que surgem as melhores práticas de gestão de infraestrutura e uma compreensão mais profunda do uso da Nuvem.

Cinco desafios comuns na adoção de várias Nuvens às operações de negócio
 Integração
Os fornecedores de Nuvem não são conhecidos por se esforçarem para se integrar aos concorrentes, o que representa um problema para as equipes de TI que precisam gerenciar dados em ambientes com várias Nuvens. As equipes de TI gastam mais de um terço de seu tempo em integrações personalizadas.

Processos manuais
Um dos principais benefícios dos serviços em Nuvem é a eficiência obtida com a automação de tarefas de rotina. Mas os processos manuais persistem, especialmente em torno das operações de infraestrutura de TI com múltiplas Nuvens, dificultando responder rapidamente a novas demandas.

 Escalabilidade
A escalabilidade pode ser fácil de obter, mas difícil de gerenciar. Com mais servidores virtuais, vem mais complexidade, geralmente exigindo mais tarefas manuais do que o esperado. Isso pode levar à proliferação de servidores e aumento dos custos de Nuvem, pois os recursos ociosos permanecem provisionados.

 Complexidade
Muitas organizações mergulharam de cabeça nos serviços em Nuvem, implantando aplicativos, plataformas e recursos díspares sem muito controle central. Além disso, mais cargas de trabalho estão sendo migradas de Data Centers locais para sistemas baseados em Nuvem, forçando o crescimento em ambientes que já são pesados ​​e difíceis de gerenciar.

Mapeamento de dependência
O mapeamento de dependência pode ser a parte mais temida da migração de serviços para um ambiente de Nuvem. As empresas contam com dezenas de plataformas para as operações diárias, muitas das quais têm interdependências complexas que aumentam o risco de falhas durante a migração para a Nuvem.

A importância da automação da Nuvem para arquitetura de várias Nuvens
A automação da Nuvem se refere basicamente ao uso de ferramentas para controlar automaticamente a instalação, configuração e gerenciamento de serviços de computação em Nuvem.

Além disso, a automação também ajuda no gerenciamento de plataforma cruzada na implantação de várias Nuvens. Sistemas totalmente automatizados podem lidar com todos os seus servidores, aplicativos, sistemas operacionais e muito mais.

Após automatizar o provisionamento e a configuração dessas ferramentas, suas equipes serão capazes de gerenciar todos os aspectos de seu servidor com facilidade, em vez de se envolverem em tarefas manuais rotineiras. É por isso que o software de automação em nuvem é tão importante.

As empresas precisam realizar configurações de rede ou aplicativos e aumentar a escala dos sistemas existentes conforme o cenário operacional muda
As soluções de automação da Nuvem, a exemplo da solução Red Hat Ansible, facilitam o crescimento da infraestrutura de TI através do provisionamento que permite que você responda a mudanças críticas prontamente. Na prática, a infraestrutura de TI aumentará dinamicamente durante o suas operações de negócio.

Os sistemas que podem detectar e mitigar ameaças com correção ou autocorreção são muito mais seguros. À medida que a complexidade dos sistemas aumenta, eles geralmente se tornam mais difíceis de gerenciar. A automação pode ajudar a identificar ameaças potenciais conforme elas surgem.

Por fim, o software de provisionamento em Nuvem ajuda as equipes a desenvolver processos repetíveis que ajudam a economizar tempo. Isso ocorre porque não há necessidade de duplicação de esforços.

A Service IT é especializada em outsourcing e consultoria de tecnologia. Distribuída através de escritórios em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Buenos Aires e Santiago, a empresa possui estrutura preparada para atender toda a América Latina. Com um Centro de Operações próprio, a Service IT monitora e gerencia o ambiente de TI de seus principais clientes com foco em infraestrutura, Managed Services, Nuvem e segurança.

Fonte: https://inforchannel.com.br/2022/02/08/automacao-da-nuvem-avanca-para-a-adocao-de-varias-nuvens/

Compartilhar está publicação